×
MenuLogo Super Squash

Desenvolvimento de uma Metodologia para Análise dos Golpes Predominantes no Jogo de Squash
(Artigo Científico apresentado na FIEP 2020)


Gostou? Compartilhe!


Publicada em 26 Jun 2020

AUTORES

Marcelo Abranches Abelheira
Luizir Alberto de Souza Lima Jr.
Bruno Crepory de Oliveira

ABSTRACT

The Squash game is characterized by its great physical intensity as well as its great technical-tactical variability. The main objective of the developed methodology is to enable the identification of the prevalent strokes in the squash game. Considering the types and characteristics of the strokes, it is convenient to divide: side of the player; bounce or volley; trajectory of the ball; the depth of the ball. Experienced squash players and coaches often report, by observation and acquired knowledge, that deep, parallel and backhand are most common. Using this methodology it will be possible to confirm or deny this thesis. It is an important initiative for a better technical-scientific knowledge.

RESUMO

O jogo de Squash é caracterizado por sua grande intensidade física e também por sua grande variabilidade técnico­tática, permitindo aos jogadores uma ampla gama de opções de golpes, tanto na execução técnica como na decisão tática (inclusive é conhecido como o “xadrez das quadras”).

O objetivo principal da metodologia desenvolvida é possibilitar a identificação dos golpes prevalentes no jogo de Squash, seja em uma partida específica ou de uma forma geral.

Para entendimento do presente trabalho é fundamental ter ciência que o jogo de Squash é um esporte em que é utilizada uma raquete para golpear uma bola, praticado em uma quadra com dimensões de 6,40m de largura e 9,75m de comprimento, fechada em todos os lados, sendo a parede frontal a referência para onde a bola deve ser golpeada (direta ou indiretamente). Na sua modalidade individual (a mais usual), é praticado por 2 jogadores (adversários) sendo que cada um golpeia a bola uma vez.

Considerando os tipos e características dos golpes, é conveniente dividir: 1 - o lado do jogador em que o golpe é realizado (forehand ou backhand); 2 - se o golpe é efetuado antes ou depois do quique da bola (drive ou voleio); 3 - a trajetória da bola após o golpe (paralela, cruzada ou boast); 4 - a posição da bola (curta ou funda).

Os jogadores e/ou treinadores experientes no Squash, costumam relatar, por observação e conhecimento adquirido, que as bolas profundas, paralelas (principalemente mais próximas a parede lateral para evitar o voleio do adversário) e no backhand são as mais comuns nos jogos de alto nível técnico. Com o uso desta metodologia será possível confirmar ou negar esta tese.

Enfim, trata-se de uma inicitiva importante para um melhor conhecimento técnico-científico da modalidade esportiva “Squash”, contribuindo para a divulgação deste esporte no meio acadêmico-científico.

POSTER DO ARTIGO

partida de squash com plateia

VÍDEOS EXPLICATIVOS

Vídeo 1 - Desenvolvimento da metodologia

Capa do vídeo

Vídeo 2 - Tabela com golpes analisados

Capa do vídeo


Gostou? Compartilhe!


LIVES

logo ao vivo piscando